O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) entraram com uma ação no Supremo Tribunal Eleitoral (TSE) contra a Rede Globo e os apresentadores Fausto Silva e Luciano Huck por praticarem, supostamente, abuso dos meios de comunicação e do poder econômico. Embora tenha negado ser candidato à Presidência da República, Huck teria sido beneficiado pela participação de cerca de 1h no programa Domingão do Faustão deste domingo (7), segundo os petistas.

Em entrevista concedida à reportagem da Rádio Medianeira, o deputado Paulo Pimenta destacou que boa parte do programa foi destinada a discutir a questão política, colocando Huck como uma figura “capaz de mudar a realidade vigente”, além da postura da emissora em dar um grande espaço ao possível candidato.

“O que caracteriza o abuso de poder econômico é oferecer a um candidato condições de acesso a um conjunto enorme de telespectadores que tem a Rede Globo, e esta possibilidade não ser ofertada aos demais nomes”, concluiu Pimenta.

Os petistas também pedem a inelegibilidade do apresentador e a cassação de seu eventual registro de candidatura.

Central de Jornalismo – Rodrigo Thiel (MTB 18.713)

Foto: Lula Marques

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA