loading...

Suspeita de causar morte de 25 cães, em 2016, é indiciada pela terceira vez

Suspeita de causar morte de 25 cães, em 2016, é indiciada pela terceira vez

A suspeita de causar a morte de 25 cachorros em um sobrado, na Avenida Medianeira, em 2016, foi indiciada pela terceira vez. Elis Parode foi novamente acusada de maus-tratos e estelionato, em investigação da 3ª Delegacia de Polícia.

De acordo com o delegado que acompanha o caso, André Diefenbach, o relatório, realizado ainda em 2016 por veterinários da UFSM, apontou que os cachorros morreram de fome e que ainda houve canibalismo, fatos que foram determinantes para a acusação de maus-tratos. Sobre a acusação de estelionato, a Polícia Civil chegou a esta conclusão após a quebra do sigilo bancário da suspeita, ao perceber que parte das despesas era usada para gastos pessoais.

O delegado ainda explicou que em ambos os casos, não cabe o pedido de prisão.

Central de Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *