O ano de 2017 marcou o jubileu de prata do evento que é considerado um dos maiores festivais nativistas do Rio Grande do Sul. Em sua 25ª edição, a Tertúlia Musical Nativista de Santa Maria conheceu seus vencedores na madrugada desta segunda-feira (18), depois da apresentação das 14 canções classificadas, que subiram ao palco da Associação Tradicionalista Estância do Minuano durante a noite de domingo (17). A canção   “A Flor do Cardo”, com letra, música e interpretação de Juliano Javoski, da cidade de Butiá, foi a grande vencedora do festival, recebendo o Troféu Minuano e, ainda, uma premiação de R$ 5 mil (veja todos os vencedores abaixo).

O anúncio dos vencedores iniciou à meia-noite e trinta, logo após o show de encerramento de Miguel Marques, que animou o público executando canções próprias conhecidas do cenário nativista, como “Ainda Existe um Lugar” e “Clave da Lua”. Do palco ou no meio da plateia, Miguel Marques colocou o público para cantar junto, emocionando a quem assistia o show.

Para Juliano Javoski, compositor da canção vencedora, a conquista do primeiro lugar veio de surpresa. Como não havia ganho nenhuma das premiações paralelas do festival, já não acreditava não possibilidade de ser o grande vencedor, quando ouviu, dos apresentadores, o nome de sua música “A Flor do Cardo”. Segundo ele, que se dedica à carreira musical nativista há 35 anos, o primeiro lugar na Tertúlia Musical Nativista representa o esforço de um trabalho contínuo e marca uma parte da história da sua vida.

“Esse é um momento diferente, porque a Tertúlia é um festival emblemático, é um dos símbolos dos festivais do Rio Grande do Sul.  Voltei meus olhos para a música nativa lá nos anos 80, mas comecei, de fato, a me inserir nas músicas de festivais a partir dos discos das primeiras tertúlias. Sempre tive a Tertúlia como referência e hoje, este momento aqui, é de uma alegria muito grande”, ressaltou o vencedor.

TERTULINHA TAMBÉM CONHECEU SEUS VENCEDORES

Em paralelo à etapa “Finalíssima” da Tertúlia Musical Nativista, o público presente na Estância do Minuano pôde acompanhar também a final da 4ª Tertulinha. Também na noite domingo, quatro finalistas – de 10 concorrentes – subiram ao palco, dois na categoria Mirim e dois na Juvenil. Na categoria Mirim, Luiza Barbosa Dias foi a vencedora. Já na Juvenil, Cassio Castilhos de Oliveira ganhou o primeiro lugar.

A grande vencedora da categoria Mirim recebeu o troféu Mara Lima e R$ 1 mil. Já na categoria Juvenil, o vencedor ganhou o troféu Cesar Lindemayer e igual premiação. As canções premiadas em segundo lugar, nas duas categorias, receberam troféu e prêmio no valor de R$ 800 (confira os nomes abaixo).

CERCA DE DUAS MIL PESSOAS CIRCULARAM NO EVENTO

A 25ª Tertúlia Musical Nativista e a 4ª Tertulinha foram organizadas pela Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Conforme a comissão organizadora, cerca de duas mil passaram pelo evento, que iniciou na quinta-feira (14), com a etapa local, e foi concluído neste domingo (17).

Durante a premiação dos grandes vencedores, o prefeito Jorge Pozzobom destacou o compromisso do Executivo em realizar o evento, ressaltando a importante parceria com a Planalto Transportes, Beltrame Supermercados e Superauto para que a Tertúlia fosse realizada. Ainda, enfatizou o fato de o evento ter retornado à Estância do Minuano e a criação da “Tertúlia Local”, como uma maneira de valorizar os talentos de Santa Maria.

“Esse foi o apenas o segundo evento da cidade que colocamos dinheiro público, pois, aqui não é gasto, é investimento. O mais importante foi trazer a Tertúlia para o Minuano. De Volta às Origens não é só voltar ao local, mas relembrar tudo que a Tertúlia já nos trouxe. Músicas como o Canto Alegretense, que é uma das mais tocadas, e músicos como Miguel Marques e João Chagas Leite se consagraram a partir de Santa Maria. Essa é a nossa Tertúlia, é o nosso amor por Santa Maria”, enfatizou o prefeito Pozzobom.

Para a secretária de Cultura, Esporte e Lazer do Município, Marta Zanella, a Tertúlia foi considerada um sucesso. Com 1.112 músicas inscritas, a secretária considera que o evento já havia alcançado êxito antes mesmo de iniciar devido ao grande número de inscrições.

 “A Tertúlia levará o nativismo para o mundo e para as gerações mais novas. São 25 anos marcados por grandes talentos, grandes nomes e pelas melhores composições. A Tertúlia coroa aquilo que acreditamos: que o nativismo tem espaço”, ressaltou a secretária.

CONFIRA OS VENCEDORES

25ª TERTÚLIA MUSICAL NATIVISTA

1º lugar: A Flor do Cardo (Juliano Javoski) – Chacarera – Butiá (RS)

2º lugar: Na Escola Grande da Vida (Jorge Nicola Prado / Marcos Alves e Jorge Antonio Martins de Almeida) – Milonga – Cruz Alta (RS) e Santa Rosa (RS)

3º lugar: Liturgia Pampeana (Joel de Freitas Paulo / Nirion Machado) – Milonga – Rosário do Sul (RS)

Melhor Instrumentista: Joaquim Velho

Melhor Letra: Na Escola Grande da Vida (Jorge Nicola Prado / Marcos Alves e Jorge Antonio Martins de Almeida) – Milonga – Cruz Alta (RS) e Santa Rosa (RS)

Melhor Intérprete: Lincon Ramos

Música mais Popular (escolhida pelo público)Campeiro (Arlindo Almeida Junior / Henrique Bagesteiro Fan) – Milonga – Uruguaiana (RS)

Melhor tema sobre Santa Maria: No Coração do meu Rio Grande (Caine Teixeira Garcia / Diogo Lopes Barcelos) – Milonga Canção – Bagé (RS) e Santo Antônio da Patrula (RS)

Melhor Arranjo: Indelevelmente (Carlos Roberto Hahm / Leonardo Charrua) – Tramandaí (RS) e São Leopoldo (RS)

Melhor tema Campeiro: Campeiro (Arlindo Almeida Junior / Henrique Bagesteiro Fan) – Milonga – Uruguaiana (RS)

4ª Tertulinha

Mirim:

1º lugar: Luiza Barbosa Dias

2º lugar: Vitória de Sá Heck

Juvenil:

1º lugar: Cassio Castilhos de Oliveira

2º lugar: Maria Alice Rosa da Silva

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Texto: Mariana Fontana (Mtb 17.770)
Fotos: João Vilnei (Mtb 18.086)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA