O Residencial Videiras foi alvo de uma fiscalização, realizada pela Prefeitura, Ministério Público Federal e Caixa Federal. O objetivo foi de verificar irregularidades na ocupação dos imóveis financiados pelo programa Minha Casa Minha Vida.

A operação foi realizada na última segunda-feira (5), oportunidade em que foram constatadas irregularidades, como imóveis desocupados, locados a terceiros e com indícios de destinação para exploração comercial.

Saiba mais sobre o Videiras

De acordo com informações do Jornal Diário de Santa Maria, nos imóveis onde foram constatadas as irregularidades, os residentes serão notificados pela Caixa Federal, que providenciará a rescisão contratual e reintegração de posse dos apartamentos. Outras ações semelhantes serão realizadas em outros imóveis da cidade, financiados por programa habitacionais populares.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Com informações do jornal Diário de Santa Maria
Foto: Reprodução / Prefeitura

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA