Show de luzes, arte, dança, música e muito, mas muito rock and roll. Assim foi o final da tarde e à noite de segunda-feira (04), quando a Praça Saldanha Marinho recebeu diversas atrações no “Viva o Natal”. Mostrando a diversidade no evento, quem foi até o local pôde apreciar as atrações e se divertir ao som de um dos expoentes do rock no Município: o Pylla. Até o dia 20 de dezembro, a Prefeitura de Santa Maria preparou uma programação que atrai todos os gostos e públicos, passando do sertanejo, samba, rock, entre outros gêneros musicais. (Confira aqui a programação completa)

Ainda no final da tarde, quem abriu a programação foi a Banda Marcial “Som da Vida”, ligada ao projeto da Sociedade Assistencial e Educativa Mãe Admirável (Saema), da Nova Santa Marta. Enquanto os meninos tocavam os instrumentos, as meninas coreografavam as canções, em um equilíbrio harmonioso para a alegria de quem conferiu o projeto. Logo após foi a vez de se formar uma roda de capoeira.

Já no início da noite o rock foi ganhando espaço com a Banda Harvest Moon, que fez um tributo especial a Neil Young. A principal atração da noite subiu ao palco por volta das 21h30min, mas, durante uma hora e meia, Pylla apenas prestigiou os demais artistas da cidade, já que a atração foi o projeto “Santa Maria canta Pylla”. Alexandre Pinto, Tiago Duarte, Rodrigo Cezimbra, Renato Molina, entre muitos outros, homenagearam o “Magrão”, apresentando as músicas cantadas por ele e que fizeram história em Santa Maria e agitaram o cenário do rock gaúcho no início dos anos 1990.

O público não deixou de participar e foi até a praça conferir a atração. Apesar da homenagem ser ao “dinossauro do rock de Santa Maria”, o artista não deixou de subir ao palco e cantar “Saudade” – uma de suas principais canções de quando era vocalista da banda Fuga – fazendo todos que estavam no local cantar junto com ele.

“Vocês não sabem o sentimento que passa ao ver tantos talentos cantando músicas que fizemos nos quartos de nossas casas. Não sou eu que mereço essa homenagem, é Santa Maria, são os artistas daqui. Estou muito feliz e agradecido. Viva o Natal, viva Santa Maria”, saudou Pylla.

Ouvindo e cantando a maioria das canções, o autônomo Cezar Machado, 38 anos, lembrou que o cantor é um dos principais nomes da música na cidade, sendo admirado por todos os demais artistas locais, independente de gênero musical.

“Esse cara fez história e merece todo o reconhecimento dos demais artistas da cidade”, acrescentou Machado.

Viva o Natal tem financiamento da Lei Rouanet. A promoção é da Prefeitura Municipal de Santa Maria e a realização da Câmara de Comércio e Indústria de Santa Maria (CACISM). Patrocínio: Bradesco, Farmácias São João, Sulclean Segurança, Grazziotin, Beltrame Supermercados, Diário de Santa Maria, Podal, CRVR, Planalto, Biotérmica e Expresso Medianeira. A produção executiva é da Chilli Produções.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Texto: Maurício Araujo (Mtb 17.781)
Foto: Deise Fachin

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA