loading...

Moradores da Vila Rossatto querem melhorias nas ruas, iluminação e redes de esgoto

Moradores da Vila Rossatto querem melhorias nas ruas, iluminação e redes de esgoto

O Programa Rádio Jornal nos Bairros chegou a Vila Rossatto, na Região Centro Leste de Santa Maria na terça-feira, dia 21 de novembro e a unidade móvel da Nova Rádio Medianeira 102.7 foi recebida no Centro Mariano para conversar com lideranças locais, moradores e profissionais da região.

O programa apresentado por Antônio Tessis, e produzido por Leandro Martin, é uma realização da Rádio Medianeira e Jornal Regional Águas da Serra, com patrocínio Âncora daCorsan tendo como objetivo divulgar as potencialidades e levantar as demandas de todas as regiões de Santa Maria.

CENTRO MARIANO – A primeira pessoa a conversar com a reportagem foi a Irmã Resequiel Favero, assessora de Comunicação do Movimento de Schoenstatt em Santa Maria.

Ela explicou que o Centro Mariano, é sede do Movimento Apostólico de Schoenstatt (o primeiro construído no Brasil) que foi inaugurado em 1985. Atuam no local nove irmãs e um grupo de funcionários que recebem pessoas de todos os lugares do pais e também do exterior. Algumas pessoas vêm apenas visitar e conhecer o Santuário, outras vem em grupos para fazer retiros e formações.

PEREGRINOS – A Irmã Francisca Alves responsável pelo atendimento aos peregrinos que visitam a casa falou da Romaria anual que acontece no Santuário com uma grande participação de devotos. Segundo ela, o Centro Mariano recebe de 400 a 500 pessoas por dia que passam pelo santuário para visitar e conhecer o local e os passos de João Luiz Pozzobon.

O PADRE –  O Padre Argemiro Feracioli, Postulador da Causa de Beatificação de João Luiz Pozzobom, falou sobre a vida e caminhada do Diácono nascido em 1904, que veio de São João do Polêsine. Após perder todos seus bens cuidando da saúde da esposa que veio a falecer, ele foi acolhido na Vila Rossatto, em Santa Maria.

Em Santa Maria, ele instalou um armazém (hoje Casa Museu)e com a renda do mesmo sustentou sua família por muitos anos. No dia 10/09/1950, ele recebeu a imagem da Mãe Rainha Três Vezes Admirável que pesa 11 quilos e começou a rezar o terço todas as noites em uma casa do bairro fazendo um trabalho apostólico, visitando as residências onde chegava a reunir de 200 até 300 pessoas em uma noite rezando o terço.

O Pe. Feracioli, que veio do Paraná e trabalha há 17 anos no processo de beatificação de João Luiz Pozzobom, explicou que este é um processo bastante demorado e que exige muitos papéis e registros, que já somam mais de 10 mil documentos.

Pozzobom teve sete filhos e mesmo assim, com muita fé, sempre tirou tempo para visitar as casas, escolas, hospitais e presídios com a imagem da Santa.

COMERCIANTE – O empresário João Vieira, proprietário da Padaria e Confeitaria Delicia que atua no bairro há 27 anos disse que o local é muito bom de morar, é tranquilo e tem espaço para muito comércio ainda. Ele destacou que quando chegou no bairro não tinha ruas calçadas e asfaltadas e hoje a infraestrutura melhorou bastante.

PADRE JOSÉ KENTENICH – A Irmã Resequiel Favero voltou a conversar com a reportagem para falar um pouco sobre o Padre José Kentenich, fundador do movimento de Schoenstattque esteve 10 vezes em Santa Maria. Ele chegou em 1947, e teve a ideia da construção do santuário. Kentenich nasceu no dia 18 de novembro de 1885 perto de Colônia (Alemanha) e foi ordenado sacerdote em 8 de julho de 1910.

MORADOR – O morador mais antigo do Bairro, Diléu Costenaro, de 88 anos contou um pouco da história do bairro. Ele participou da criação da Vila Rossatto.

Costenaro contou que com a ajuda dos moradores e do Poder Público praticamente todas as ruas do bairro foram calçadas ou asfaltadas, a iluminação e redes de esgoto foram construídas. Ele explicou que graças a união dos moradores o material utilizado nas obras foi comprado com recursos próprios dos moradores. Para isso também foram organizados eventos para arrecadar fundos para as melhorias no bairro.

EDUCADOR – Professor Universitário Guido Zanatta, morador da região visitou o local e falou sobre a comunidade do bairro. Ele classifica o local como muito bom de morara, onde 90% dos moradores são proprietários das casas e tem uma preocupação muito grande de conservar e manter a ordem e organização no bairro. Ele destacou a construção do centro comunitário onde são realizadas atividades sociais e religiosas. “Não podemos depender somente do Poder Público, pois nós como moradores também temos nossas obrigações e por isso nosso bairro cresce e é muito bom de viver”, disse o professor.

Ele comentou que a rede de esgoto que foi construída há 30 anos atrás pelos próprios moradores, foi feita para um determinado número de habitantes, hoje precisa de melhorias, pois a população do bairro triplicou. O mesmo acontece com a as ruas, iluminação pública e demais áreas. Ele solicitou atenção do Poder Público na coleta de lixo, pois o caminhão passa no bairro apenas três vezes por semana.

A ESCOLA – Os professores e alunos da Escola de Educação Infantil Jardim de Maria, foram até o Centro Mariano visitar a unidade móvel da rádio onde conversaram com a reportagem e cantaram o Hino da Escola. A Irmã e Professora Cristiane Batalin, falou sobre as atividades desenvolvidas pela escola e destacou as conquistas nestes 25 anos de atuação.

O Programa Rádio Jornal nos Bairros vai ao ar todas as terças-feiras, sempre das 8h às 11h, com apresentação do radialista Antônio Tessis, fazendo sete intervenções de 10 minutos cada dos locais visitados pela reportagem, dentro do programa Rádio do Povo, apresentado por ClédioCalegaro, na Rádio Medianeira.

O próximo programa acontece na terça-feira, dia 28 de novembro no Bairro Patronato.

Reportagem: Franciele Volpatto/Jornal Águas da Serra

Apresentação Antônio Téssis/Rádio Medianeira
Produção e fotos: Leandro Martin

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *