Preocupada com o aumento significativo de acidentes com mortes na BR-287, no trecho entre Santa Maria e São Pedro do Sul, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou que irá direcionar o seu efetivo para ações de fiscalização mais intensas na rodovia. A confirmação foi dada  pelo chefe da 9ª Delegacia da PRF, Héder Macedo. Segundo ele, as ações da PRF no local serão intensificadas, pois os acidentes não ocorrem em horário específicos.

“Já alteramos nossos cartões-programa para estar mais presentes neste trecho da BR-287. Infelizmente não estaremos tão presentes nos outros trechos, mas esta opção é para preservar vidas”, destaca Macedo.

Segundo o chefe da 9ª Delegacia da PRF, o trecho em questão é um dos menores sob a jurisdição da PRF de Santa Maria e em melhor estado de trafegabilidade, o que dá a entender que estes acidentes poderiam estar sendo causados por imprudência, por exemplo.

“Eu não vou dizer que é um trecho de rodovia perfeito, mas é de qualidade boa, que está hoje devidamente sinalizado, com pavimentação boa. Nós temos trechos muito piores, por exemplo, a serra entre Santa Maria e Itaara, que recentemente foi melhorada, mas que tem um índice de acidentalidade e letalidade muito menor, mesmo sendo um trecho muito mais perigoso”, afirma Macedo.

Os acidentes fatais entre Santa Maria e São Pedro do Sul contabilizam cerca de 25% do número de total de mortes em toda a área de abrangência da PRF na Região Central, em 2016. Ainda segundo dados informados por pelo chefe da PRF, o trecho em questão, de 36 km de extensão, representa apenas 5% da área coberta, que abrange 602 km totais.

“Este número é totalmente desproporcional”, completa Héder.

Na última semana, dois acidentes com colisão frontal resultaram em três vítimas fatais e cinco feridos no trecho entre Santa Maria e São Pedro do Sul, na rodovia BR-287.

OPERAÇÃO VIAGEM SEGURA

A Polícia Rodoviária Federal, o Detran, a Polícia Civil, a Brigada Militar e o Comando Rodoviário da BM estarão mobilizados para que o feriado de Nossa Senhora Aparecida seja tranquilo no trânsito. A 79ª edição da Viagem Segura se estenderá por cinco dias, desde a zero hora da quarta-feira (11) até a meia-noite de domingo (15). Nos últimos dez anos, 52% das mortes ocorreram em rodovias e concentraram-se nos dias de ida e nos intermediários, no turno da noite. Recomenda-se um cuidado redobrado nesses dias e horários. Os municípios que registraram maior número de vítimas fatais foram Porto Alegre com 17, Pelotas e São Leopoldo com sete e Novo Hamburgo e Gravataí com seis.

Central de Jornalismo – Rodrigo Thiel (18.713)

Foto: Reprodução

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA