Pela primeira vez em quase 50 anos de existência, Santa Maria ficará sem a sua Exposição Feira Agropecuária, a Expofeira. A confirmação foi dada para o Jornal regional Águas da Serra e Rádio Medianeira, pelo presidente da Associação Rural, Rodrigo Ribas.

Segundo ele, a falta de um local adequado, com a infraestrutura necessária para receber os animais, leilões e público, fez com que a entidade optasse por não realizado evento em 2017. No ano passado a Expofeira foi realizada em formato especial, durante a Multifeira de Santa Maria (Feisma), no Centro Desportivo Municipal (CDM).

OUÇA A ENTREVISTA COM O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO RURAL

 

Por quase meia década a Expofeira foi realizada no Parque de Exposições Francisco Viterbo Borges, no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Acontece que após a Expofeira de 2015 a Reitoria da UFSM reivindicou a área para expandir as atividades acadêmicas, sendo que o contrato de uso do espaço público estava vencido há quatro anos. À época, o reitor Paulo Burmann disse que o Parque de Exposições seria utilizado para o projeto de expansão do Parque Tecnológico, a chamada Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec).

Segundo Ribas havia uma expectativa quanto ao processo eleitoral da UFSM, tendo em vista o compromisso assumido pelo candidato Dalvan Reinert, de que o Centro de Eventos seria liberado para a realização da Expofeira, caso eleito fosse para a Reitoria da universidade.

“Isso acabou não se confirmando e não nos restou outra alternativa, senão cancelar a realização da Expofeira de 2017”, explicou Ribas. Segundo o presidente da Associação Rural, a entidade está se organizado para retomar o evento em 2018, quem sabe, com um local próprio.

“Estamos com um projeto de construção de um local próprio para a realização da Expofeira e outros eventos relacionados ao agronegócio. Mas isso demanda tempo e parcerias”, disse Ribas.

Em 2016, com a perspectiva de que parte de uma área da Fepagro, no Distrito de Boca do Monte, fosse devolvida à Prefeitura, a Associação Rural tinha uma expectativa de poder investir nesse local, com a construção de um Centro de Eventos e Pesquisas voltado à produção agropecuária. Mas esta foi outra situação que também acabou não se confirmando.

Segundo o presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Santa Maria (Cacism), Rodrigo Décimo, foi feito o convite para que a Expofeira fosse, novamente, realizada, na Multifeira de 2017. Mas a associação acabou declinando.

“Nós agradecemos à Cacism e seus diretores pelo novo convite, mas entendemos que a Expofeira possui uma característica construída ao longo das últimas décadas, com seus remates, exposições, incentivando a produção local e regional, constituindo-se num grande evento que faz girar agronegócio”, disse Ribas.

Na última edição realizada no Centro de Eventos da UFSM, em 2015, a Expofeira movimentou mais de R$ 7 milhões. A Exposição Feira Agropecuária de Santa Maria já foi considerado o segundo maior evento do gênero no RS, ficando atrás, apenas, da Expointer, em Esteio.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Fotos: Expofeira

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA