Apenas dez das cerca de 200 lojas previstas para funcionar no novo Shopping Praça Nova, na Vila Urlândia, estão com a documentação em dia junto à Prefeitura e autorizadas a abrir as portas no dia 1º de setembro, quando o empreendimento inaugura para consumidores da região Centro do RS.

A informação é da própria Prefeitura, que anunciou uma força-tarefa para receber os lojistas e encaminhar a documentação necessária para obtenção do habite-se. Na manhã desta quinta-feira (27) um encontro reuniu os lojistas no Hotel Dom Rafael, no Bairro Cerrito. Preocupada com a baixa procura dos empresários em realizar os processos de regularização de documentos, a Prefeitura tomou a iniciativa de auxiliá-los e orientá-los nos encaminhamentos.

OUÇA A ENTREVISTA COM O VICE-PREFEITO SÉRGIO CECHIN

O prefeito Jorge Pozzobom, acompanhado dos secretários de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação e de Finanças, Ewerton Falk e Jean-Pier Esquia, respectivamente, e do chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez, além de toda equipe técnica da Prefeitura, explicou aos lojistas a preocupação do Executivo quanto à necessidade deles se regularizarem no Município.

RESPONSABILIDADE

“Chamamos todos vocês aqui porque esta é a nossa forma de governar, com responsabilidade e comprometimento. Nas próximas semanas o shopping estará em pleno funcionamento e é de extrema importância que vocês, lojistas, estejam regularizados junto à Prefeitura”, disse o chefe do Executivo.

REGULARIZAÇÃO

O secretário de Desenvolvimento Econômico ressaltou que, até o momento, somente cerca de 10 empresas – de aproximadamente 200 que iniciarão suas atividades – buscaram a regularização. O titular da pasta destacou, ainda, que tanto a Prefeitura quanto a Administração do empreendimento, estão atentas a todas as necessidades dos lojistas, clientes e funcionários, que passam pela abertura do shopping, mobilidade urbana, segurança, entre outros pontos.

“Trouxemos nossas equipes técnicas para que vocês tirem dúvidas e já deem encaminhamentos às regularizações”, argumentou Falk.

“Essa é uma força-tarefa chamada pela Prefeitura e que tem o shopping como grande apoiador, já que é uma obrigação dos lojistas terem os documentos e nosso intuito é facilitar estes processos com este encontro”, complementou o superintendente do Praça Nova, Leonardo Moretti.

PASSO A PASSO

A superintendente de Alvarás, Fabiana Copette, mostrou um passo a passo aos empresários de como proceder para garantir as documentações, lembrando que elas são liberadas conforme a atividade que será prestada. Segundo ela, 70% do processo já foi encaminhado pelo empreendimento – que compreende o Habite-se e o Alvará de Prevenção – e que, agora, só resta o cumprimento das obrigações dos lojistas.

Também participaram do encontro, a secretária adjunta da Secretaria de Desenvolvimento, Ticiana Fontana, e os superintendentes da Vigilância em Saúde, Meio Ambiente e de Projetos.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Com informações de Maurício Araujo (Mtb 17.781)
Foto: Reprodução / Shopping Praça Nova

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA