A Prefeitura de Santa Maria está monitorando a situação do transporte coletivo no Município, em função da paralisação nacional promovida pelas centrais sindicais de todo o país. De acordo com o gerente operacional do Consórcio SIM, Cristiano Andretta, até às 9h desta sexta-feira (30), os ônibus das empresas Gabardo e Medianeira não conseguiram deixar as garagens, pois os manifestantes estão impedindo a saída dos veículos. As demais empresas estão circulando normalmente.

As linhas com maior prejuízo no atendimento são Vila Oliveira, Chácara das Flores, Jardim Berleze, Maringá, Camobi, Cohab Fernando Ferrari, Minuano, Passo das Tropas, Alto da Boa Vista e Parque Pinheiro Machado.

A Brigada Militar está acompanhando as manifestações em frente às empresas e a orientação é que os ônibus só voltem a circular quando as barreiras se dissiparem. Ainda segundo Andretta, a maior dificuldade para os ônibus que estão circulando é o cumprimento dos horários, uma vez que em alguns pontos da cidade o trânsito está prejudicado, principalmente em rodovias.

Central de jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Foto: Reprodução

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA