A Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagraram na madrugada desta sexta-feira uma operação para combater a exploração sexual de crianças e adolescentes no Rio Grande do Sul. A ofensiva, chamada de Cinderela, ocorre em 14 cidades gaúchas, entre elas, Santa Maria, com fiscalização em estabelecimentos que ficam nos municípios e às margens das rodovias.

• PF deflagra operação contra pornografia infantil na internet

De acordo com informações da investigação, mais de 50 estabelecimentos foram fiscalizados. Um local foi fechado em Tapes por falta de alvará. Cinco homens foram presos e uma adolescente foi encontrada em situação de exploração em Uruguaiana. Durante a operação, duas armas de fogo, munições de diversos calibres foram apreendidos em Porto Alegre, além de um carro roubado e equipamentos de informática.
Em Santa Maria, de acordo com o delegado Regional de Polícia Civil, Sandro Meinerz, uma pessoa foi presa em flagrante por tráfico de drogas durante a operação. As diligências foram concentradas nas regiões Oeste, Central e no Bairro Camobi.

A diretora do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), delegada Adriana Regina da Costa, afirmou que a ideia é aproveitar a data da operação para lembrarmos o Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual contra crianças e adolescentes.

Segundo o chefe de Polícia, delegado Emerson Wendt, a Polícia Civil tem índices de elucidação de crimes de abuso sexual superiores a 93% e a operação é uma forma de chamar a atenção para o tema e incentivar a denúncia e o registro de ocorrência nos casos de violação da dignidade sexual.

Além de Santa Maria, a operação ocorreu em Porto Alegre, Canoas, Santa Cruz do Sul, Caxias do Sul, Carazinho, Santa Maria, São Luiz Gonzaga, Santo Ângelo, Uruguaiana, Cachoeira do Sul, Pelotas, Rio Grande, Passo Fundo e Vacaria.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Com informações do Site do Correio do Povo
Foto: Polícia Civil / Divulgação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA