Jogar lixo em locais inapropriados acarreta em vários danos ao meio ambiente. O descarte irregular é um problema sério por suas graves consequências e, por isso, é tratado com a devida importância pela Prefeitura de Santa Maria. Na tarde desta quarta-feira (26), a Secretaria de Meio Ambiente realizou uma ação de conscientização e de recolhimento de bens inservíveis na Vila Brenner, no Bairro Divina Providência, enfatizando à população a necessidade de não despejar materiais de maneira irregular. (Veja no final da matéria os locais onde os bens inservíveis devem ser destinados)

Com um caminhão, a equipe da Secretaria percorreu várias ruas da região e as margens do Arroio Cadena, recolhendo os bens inservíveis. Preparados, os moradores da região já deixavam os materiais nas calçadas, para que os servidores os recolhessem.  A comunidade foi convidada a acompanhar o serviço da Prefeitura e, na oportunidade, em conversas informais, os moradores foram orientados a não realizar os descartes irregulares.

“Analisamos as localidades do Município, verificamos quais as necessidades de cada uma e, então, realizamos as ações. Hoje foi na Brenner, pela necessidade de recolher os materiais inservíveis, mas as atividades se estendem conforme as demandas das comunidades”, explica o titular de Meio Ambiente, André Domingues.

Os servidores do Município retornarão à Vila Brenner para uma nova ação de conscientização. Nesta quinta-feira (27), às 15h30min, os moradores estão convidados a se reunir na Associação Comunitária São João Batista e Brenner. No local, eles receberão orientações relacionadas ao meio ambiente, à destinação correta de materiais descartáveis, entre outras informações.

“É importante a população estar consciente sobre como fazer os descartes, para que esses problemas não se tornem recorrentes”, finalizou o superintendente de Praças, Parques, Canteiros e Jardins, Ivo Cunha.

Nas quartas-feiras, o caminhão da Secretaria de Meio Ambiente percorre locais, já pré-definidos em cronograma da pasta, para recolher bens inservíveis espalhados em pontos do município. (Com informações de Maurício Araujo – Mtb 17.781)

Sofás e ratos

O vereador Adelar Vargas, o Bolinha, do PMDB, ocupou a Tribuna durante a sessão da tarde desta terça-feira (25), para denunciar que a cidade estaria contaminada pelo lixo. Segundo ele, há lixo espalhado na estrada que dá acesso à antiga Cidade do Meninos. Na Rua Lima, na Vila Jardim, o vereador relatou que 22 sofás estão depositados em via pública e proliferação de ratos. Já na Vila Jockey Clube, Adelar disse que se reuniu com os moradores. Na oportunidade, foi relatado que o muro do quartel do Parque de Manutenção não dá vazão suficiente de água. O vereador também relatou o que existe uma grande proliferação de roedores em vários pontos da cidade.

Coleta de bens inservíveis

A Prefeitura de Santa Maria informa que no mês de fevereiro foi realizada uma ação emergencial para coleta de inservíveis (conforme matéria neste link). Na ocasião foram recolhidos 160 metros cúbicos de materiais. A Secretaria de Meio Ambiente está atenta ao problema e sistematicamente tem recolhido materiais deste tipo na região central ou em locais onde recebe algum chamado. Além disso, a pasta elabora ações de conscientização sobre o descarte correto de inservíveis.

Locais para descarte

Resíduos eletrônicos e eletrodomésticos
– Local: Químea Soluções Ambientais. A empresa recebe eletrodomésticos de menor porte, como cafeteira, micro-ondas, televisão, telefone, computador, entre outros. No entanto, o local não está recebendo objetos de grande porte, como geladeira, freezer e fogão, por exemplo
– Contato: BR-158, nº 10.605, Bairro Cerrito (em diagonal à Fiat)/ (55) 3217-0880

 Eletrônicos, vidro, alumínio e ferro
– Local: A empresa Maringá Metais recebe esse tipo de material, além de outros objetos, como geladeira, fogão, máquina de lavar, celular, televisão, janela velha, entre outros. O local não recebe lâmpada fluorescente, papelão, plástico e madeira. As pessoas podem ir diretamente até o local e levar os inservíveis para o descarte (o ideal é telefonar antes, para agendar a entrega). Para quem preferir que a empresa faça esse recolhimento, é cobrada uma taxa, que varia de acordo com a situação e o tipo/quantidade de material.
– Contato: Rua Miguel Carvalho de Macedo, nº 250, Bairro Uglione/ (55) 3213-2074.

OBSERVAÇÃO: A empresa está temporariamente fechada.

Móveis (pequenos, como cômodas e gavetas) e artefatos de madeira ou compensado
– Local: Quando esse tipo de material não estiver mais em condições de ser aproveitado, o recomendado é que a pessoa quebre os objetos e coloque-os diretamente em um contêiner, pois, por estarem sem condições, serão considerados rejeito. Assim, será destinado ao aterro como lixo comum.

Descarte de cama, sofá e outros objetos de grande porte
– Local: Até o momento, o município não possui um local definitivo para receber esse tipo de material. Também não há nenhuma empresa, cooperativa, ou associação que realize beneficiamento de inservíveis na cidade. No entanto, a Prefeitura trabalha para viabilizar parcerias com associações da cidade, para que elas recebam esse tipo de material. Para quem quiser se desfazer desses móveis, a orientação, nesse momento, é encontrar pessoas que precisem do objeto e que aceitem como doação

Outros resíduos
Óleo de cozinha
– Local: Supermercado Carrefour
– Endereço: Avenida Rio Branco, Bairro Centro/ (55) 3223-0074

Pilha Comum
– Local: Supermercado Beltrame (há uma urna, na entrada do estabelecimento, para o descarte das pilhas)
– Contato: Rua Euclides da Cunha, nº 1.579, Bairro Dores/ (55) 3028-9460

 Resíduos da construção civil
– Local: Gr2. A empresa oferece o serviço de recolhimento de resíduos sólidos da construção civil através da colocação de caixas/contêineres. O valor para instalação da caixa e recolhimento varia conforme o tipo de resíduo: R$ 150 (resíduos limpos, com apenas materiais de alvenaria) e R$ 300 (resíduos sujos, que contenham outras misturas aos resíduos da construção)
– Contato: (55) 3028-6996

Baterias de celulares
– Local: Help Manutenção de Celulares
– Contato: Rua Duque de Caxias, 1.461/ (55) 3027-8080

Lâmpadas Fluorescentes
– Local: Conforme a Lei Municipal 5539/2011 o consumidor pode devolver o produto onde comprou (é obrigatório o aceite por parte do comerciante)

Pneus usados
– Local: Transecicle. A orientação é que quem tiver esse tipo de material para descartar, ligue para o responsável, Alfran, para acertar como pode ser feita a entrega dos pneus
– Contato: 99121-3554

Papelão, papéis, cadernos, garrafas pet, latinha, isopor e sucata
– Local: Associação de Selecionadores de Materiais Recicláveis de Santa Maria (Asmar)

– Contato: Rua dos Branquilhos, nº 79 – Nova Santa Marta (atrás do Colégio Marista) / (55) 3026-9167
OBSERVAÇÃO: o recolhimento é realizado mediante cadastro junto à Asmar, de acordo com o cronograma de visita aos bairros. (Com informações de Ana Bittencourt – Mtb 14.265)
Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)
Foto: João Alves / Prefeitura

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA