loading...

Projeto da Escola de Educação Infantil Borges de Medeiros recebe reconhecimento da UNESCO

Projeto da Escola de Educação Infantil Borges de Medeiros recebe reconhecimento da UNESCO

Uma relatora da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) esteve em Santa Maria na tarde desta sexta-feira (17). A relatora dos projetos da Unesco no Rio Grande do Sul, Sueli Matos, veio à cidade apresentar o Programa de Escolas Associadas (PEA) da organização e incentivar e orientar que mais escolas da rede municipal participem do projeto para garantir o certificado. Em fevereiro deste ano, a Escola Municipal de Educação Infantil Borges de Medeiros foi a primeira da região Centro a ganhar este reconhecimento.

Além de apresentar o projeto, a relatora aproveitou para pegar a assinatura da Carta de Ciência, da Secretaria de Educação, confirmando que a Prefeitura trabalhará junto às escolas e está ciente do reconhecimento da Borges de Medeiros e, também, da EMEF Perpétuo Socorro – que é candidata a receber o certificado da organização.

A diretora da EMEI Birges de Medeiros, professora Gilselene Alves, falou em entrevista para a Rádio Medianeira, sobre o projeto da instituição, que recebeu o reconhecimento da Unesco.

DIRETORA DA EMEI BORGES DE MEDEIROS FALA SOBRE RECONHECIMENTO DA UNESCO

Está previsto para setembro, em Foz do Iguaçu, no Paraná, uma cerimônia, onde a Borges de Medeiros receberá oficialmente a certificação da Unesco. Para participar do projeto, a escola precisa trabalhar quatro eixos temáticos: Problemas mundiais, sustentabilidade, cultura de paz e intercâmbio cultural.

Sueli explicou à futura secretária de Educação, Lucia Madruga, e a secretária interina, Maria Goretti Rocha Farias, como funcionam os relatórios para escolas participarem do programa, além de detalhar os trâmites para que as instituições recebem o selo da organização mundial.

“No Brasil, somente 300 escolas são certificadas, inclusive uma de Santa Maria, a única da região centro”, destacou Sueli.

Conforme Lucia Madruga, a Secretaria irá trabalhar para consolidar os projetos em andamento. “Vamos atuar para que outras escolas possam participar. Aproveitamos para visualizar outras ações que possam trazer benefícios para a educação do Município”, destaca a professora.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi (MTB 11.110)

Texto: Maurício Araujo (Mtb 17.781)

Fotos: Divulgação / EMEI Borges de Medeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *