As fortes chuvas registradas durante a noite de sábado (11) e madrugada de domingo (12) voltaram a causar transtornos aos santa-marienses. Vários pontos da cidade registraram alagamentos. Na BR 392, em frente à empresa Stara, entre Santa Maria e São Sepé, um trecho da rodovia ficou debaixo d´água e vários veículos submersos devido a panes. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi obrigada a interditar a via até o início da manhã desse domingo.

Equipes da Defesa Civil e da Guarda Municipal estão mobilizadas no atendimento de locais considerados críticos na cidade. As equipes trabalham, desde a madrugada de hoje, no monitoramento de pontos alagados de Santa Maria. Elas já passaram pelos bairros Chácara das Flores, Camobi, Campestre do Menino Deus, Urlândia, Dom Antônio Reis, Parque Pinheiro Machado e pelas vilas São João e Schirmer.

No Bairro Parque Pinheiro Machado, m oradores ficaram com água até o joelho. A indignação foi parar no perfil do Facebook “Parque Pinheiro Machado Maior Abandonado de Santa Maria RS”, com pedido de providências às autoridades. De acordo com a Defesa Civil, a maioria dos casos de alagamentos registrados na cidade ocorre em decorrência do descarte inadequado de resíduos, que vão parar dentro de sangas, arroios e bueiros.

As equipes da secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos também já estão mobilizadas para realizar intervenções nos lugares em que há necessidade.

PA INFANTIL

Por volta das 12h20 o prefeito Jorge Pozzobom fez uma transmissão ao vivo em seu perfil pessoal no Facebook, para informar que o Pronto Atendimento (PA) Infantil, no Bairro Patronato, precisou ser totalmente interditado, devido aos alagamentos da unidade. Pozzobom falou direto do PA Infantil, onde se encontra com outros servidores da Saúde, avaliando a situação. Segundo o prefeito, o teto do PA Infantil pode desabar a qualquer momento. Ele esclareceu que o atendimento de urgência e emergência 24 horas para as crianças será mantido, com suporte da Casa de Saúde e Hospital Universitário de Santa Maria (Husm).

Uma equipe está sendo montada para, a partir desta segunda-feira (13), receber e dar encaminhamento às demandas decorrentes do grande volume de chuva registrado durante o final de semana na cidade.

ATENDIMENTO
Qualquer ocorrência relacionada a alagamentos e temporais pode ser comunicada pelos telefones 153 e (55) 3921-7167, durante 24 horas por dia. As ligações serão atendidas na Sala de Operações da Guarda Municipal que irá direcionar as equipes da Defesa Civil, que estão fazendo monitoramento pelos bairros.

Central de Jornalismo – Fabricio Minussi

Fotos: Reprodução / Facebook / Marcelo Vieira de Araújo, PRF / Divulgação (Destaque) e Divulgação / Prefeitura

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA